Quem Somos?

Somos um casal, residente na cidade de Itapeva-SP, unidos pelo Sacramento do Matrimônio desde 02 de julho de 2011, procurando aprender e compartilhar o que aprendemos sobre nossa fé através deste blog.

Este blog busca conscientizar os católicos da importância do amor à Igreja e da sua necessidade para a salvação de todas as almas (Catecismo da Igreja Católica, nº 846-848).

Só é possível amar a Deus quando se odeia aquilo que a Ele se opõe, desta forma, além de mostrar a Verdade que vem de Cristo, também tentamos mostrar os erros e perigos que a sociedade contemporânea tenta nos impor.

“Temos a certeza de que a Doutrina Cristã, que recebemos da Igreja Católica, é verdadeira, porque Jesus Cristo, autor divino desta doutrina, a confiou por meio aos seus Apóstolos à Igreja Católica, por Ele fundada e constituída Mestra infalível de todos os homens, prometendo-Lhe a sua divina assistência até à consumação dos séculos.”  (Catecismo de São Pio X)



 
Everton do N. Siqueira
Itapeva-SP
Letícia C. C. do N. Siqueira
Itapeva-SP
Contato por e-mail


Porque Dominus Iesus?

A catequese brasileira possui uma grande falha, ensina-se sobre Cristo, mas não sobre o Cristo Verdadeiro, presente única e verdadeiramente na Sua Santa Igreja. Hoje os ventos do relativismo, fazem com que os fiéis achem que a Igreja Católica é apenas uma dentre tantas outras denominações cristãs, restando a ele ficar nesta Igreja, não por confiar que necessita dela para alcançar a vida eterna, mas por ser "aquela que mais lhe causa prazer ou bem estar".

Dominus Iesus foi um documento lançado pela Congregação para a Doutrina da Fé no ano de 2000, sob autorização do Papa João Paulo II, e tendo à frente o Cardeal Joseph Ratzinger (hoje, Bento XVI). Tal documento virou manchete em todos os jornais do mundo, devido à clareza com que o Vaticano voltou a lembrar ao mundo a fé que a Igreja crê, com palavras diretas e duramente contrárias ao relativismo:

"Existe portanto uma única Igreja de Cristo, que subsiste na Igreja Católica, governada pelo Sucessor de Pedro e pelos Bispos em comunhão com ele."


Cremos que, somente ensinando a fé verdadeira, de amor à Igreja Una Santa, Católica e Apostólica, é que poderemos voltar a resgatar a sociedade da decadência moral em que se encontra. Não basta falar apenas de Cristo, como se fosse um dentre tantos "Cristos" ensinados pelas milhares de denominações cristãs hoje existentes. Temos que mostrar o Cristo verdadeiro, o Cristo presente na Igreja, falemos então da Igreja.

"Na medida em que alguém ama a Igreja é que possui o Espírito Santo" (Santo Agostinho)
Comentários

Compartilhe na Rede

Twitter Delicious Facebook Digg Favorites Stumbleupon More